• Gustavo Sette

Mais antigas do mundo: Laird (EUA, 1780)

Empresas familiares mais antigas do mundo: Laird – destilaria americana de 1780

Se você acha que já viveu uma crise de mercado, imagine ter uma destilaria que enfrentou… A lei seca. De 1920 a 1935, a produção de bebidas alcóolicas foi banida nacionalmente nos EUA, e a Laird sobreviveu.


É um dos capítulos mais belos de uma história que começou em 1698, quando Alexander Laird mudou-se da Escócia para os EUA e começou a produzir, para lazer e consumo próprio, destilados de maçã, fruta abundante em New Jersey.

A família vendia pequenas quantidades para viajantes e, em 1780, começou a atividade comercial. Nessa mesma época, George Washington pediu à família a receita de seu Applejack, para servir às tropas americanas.

A empresa hoje é dirigida por uma mulher, Lisa Laird Dunn, 9ª geração da família.

E como a empresa sobreviveu à Lei Seca? Joseph Laird, 6ª geração, era o responsável. Ele reduziu os custos e focou em outros produtos derivados da maçã: sucos, cidra, molhos. Passou a empresa para a 7ª geração ainda sem produzir álcool, até que, em 1933, a Laird & Company recebeu a licença federal para voltar a produzir para efeitos medicinais.

Uma das práticas que mantém uma empresa familiar por 3 décadas é essa reverência aos grandes nomes do passado.

#asmaisantigasdomundo #estudosdecaso

6 visualizações0 comentário