• Gustavo Sette

Filho vegetariano em uma família que produz carne: caso interessante de inovação na empresa familiar

Dono de uma empresa familiar tradicional e rentável no setor de carnes recebe uma surpresa: seu filho, da 3ª geração, diz que a produção de carnes atrapalha o planeta e quer investir em proteína vegetal.

Uma empresa precisa mudar, se atualizar, e é natural que a inovação venha das gerações que estão chegando ao negócio. Isso costuma gerar uma tensão, pois alguns veteranos encaram novas ideias como rebeldia, contestação e ameaça.

Por sorte, não são todos. Nessa empresa alemã, Timo Recker, 28, recebeu financiamento do pai e usou a experiência de produção de alimentos da família para desenvolver sua própria empresa, a LikeMeat, que fabrica produtos “like meat”, mas de proteína vegetal.

Timo tomou a iniciativa de liderar a família em uma nova direção. Ao mesmo tempo em que respeita as realizações e o legado, criou um negócio que segue seus próprios valores e sua própria percepção do que é necessário no futuro.

A família também saiu ganhando. A demanda por alimentos vegetarianos está crescendo em todo o mundo. Especialistas calculam que o mercado global de carne vegana chegará a U$ 6,5 bilhões até 2026.

Quando há diálogo e harmonia, o choque de gerações só traz coisas boas. Para todos.

Para saber mais: site da LikeMeat

#millenials #consciêncianosnegócios #inovação #estudosdecaso #valores #choquedegerações #visãodefuturo

20 visualizações0 comentário