• Generations

Empresas familiares mais antigas do mundo – Akafuku (confeitaria, Japão, 1707).

Você conhece uma das empresas familiares mais antigas do mundo?

No século XVII, cerca de 1/5 da população japonesa caminhava, todos os anos, ao santuário Xintoísta de Isé, a 400 km de Tóquio. Em 1707 Jiheê Hamada montou uma confeitaria e, frente ao local, para vender aos peregrinos seu doce chamado “akafuku”, um bolo de arroz doce com cobertura de feijão doce.


Inundação e renascimento

A empresa quase acabou em 1877 devido a uma severa inundação, mas sob comando da Sra Chie (6ª geração), um novo prédio foi levantado, e é o que está lá até hoje.


Açúcar branco para a imperatriz

O sétimo sucessor, também chamado Tanesuke, teve a idéia em 1907 de colocar bolos de arroz cheios de pasta de feijão doce em caixas e, pela primeira vez, vendê-los em um stand fora da loja.

Em 1911, a imperatriz quis experimentar os famosos bolos que, até aquele momento, eram feitos com açúcar mascavo, o que poderia desagradar o apetite apurado da imperatriz. Foi criado então um produto à base de açúcar branco de alta qualidade, e o sucesso dura até hoje.

A conquista de uma cliente tão famosa foi um marco para a Akafuku, que criou uma data comemorativa em sua história. 19 de maio tornou-se o “Homare-Bi”, dia da honra, comemorando o dia em que Akafuku enviou pela primeira vez bolinhos de arroz para a imperatriz. Ao mesmo tempo, lançou publicamente os bolos de arroz “Homareno Akafuku”, usando açúcar branco, e o produto está à venda até hoje.


Expansão pós guerra

Em 1954, a Akafuku foi registrada como uma sociedade limitada. A Sra. Masu, esposa de Tanezo Hamada, o oitavo sucessor, começou a comprar mais de 20 fabricantes de produtos similares e, por sua vez, registrou sua marca.

A Sra. Masu é considerada, na empresa, a “Mãe” da Restauração de Akafuku. Alguns anos antes, em 1937, seu filho, Hiroyasu Hamada, o nono sucessor, foi enviado para lutar na guerra Japão-China e foi morto no campo de batalha no ano de 1938.


Diversificação e expansão

Masutane, filho de Hiroyasu, foi um grande inovador para a empresa. Em 1963, ele estabeleceu a filial fora da província de Mie, iniciando o fornecimento de produtos para empresas ferroviárias para serem vendidos nos quiosques da estação Uehonmachi da linha Kintetsu e na estação de Nagoya.

No ano seguinte, ele estabeleceu um escritório comercial na cidade de Osaka e, dois anos depois, em Nagoya.

Em 1976, a empresa começou a colocar um cartão multicolorido dentro de cada caixa, com uma gravura em madeira e poemas de cada estação impressa em cada lado. Este cartão com a data de produção e venda era uma mensagem enviada aos clientes, assinada pelo presidente que mudava todos os dias.

Em 1977, a construção da fábrica de Ise foi concluída. Em 1978, a Akafuku começou a vender o bolo mensal de arroz, designado “Tsuitachi Mochi (Bolo de Arroz do primeiro dia do mês)”. Em 1985, foi inaugurada a “Isuzu Teahouse”, que oferecia aos clientes doces representando as estações do ano.

Em 1993, ele inaugurou o centro comercial de “Okage Yokocho (Okage: grato ou obrigado)”. Existem atualmente 42 lojas, incluindo lojas de artesanato tradicional, confeitaria popular e restaurantes tradicionais em uma extensa área que ocupa quase 9000m².

No projeto do shopping center, a empresa arriscou seu destino, fazendo um investimento equivalente ao de suas vendas anuais, para reconstruir e rejuvenescer o shopping center em frente à entrada do Santuário Ise, o local de nascimento de Akafuku. As empresas locais há muito tempo querem ver este centro comercial, que perdeu completamente a vitalidade, restaurado à sua antiga glória. Graças ao sucesso de “Okage Yokocho”, o centro comercial recebe atualmente mais de 4 milhões de turistas anualmente.


300º aniversário e dias atuais

No ano de 2005, Noriyasu Hamada, a 11ª geração, herdou, aos 43 anos, a empresa e sucedeu a Masutane, com o objetivo de desenvolver e continuar a diversificação, enfatizando as raízes da empresa.

Em 2007, a Akafuku celebrou 300 anos de fundação. Todos os funcionários foram enviados para fazer o caminho de Santiago de Compostela, na Espanha.

A empresa, hoje, está planejando um grande empreendimento chamado “Isuzu Native Land” ou “Okage Native Land”. A ideia é criar um centro comercial, situado nas margens das águas limpas e transparentes do rio Isuzu, para apresentar aos visitantes o “Japão Real”, oferecendo-lhes um lugar onde possam experimentar e desfrutar de um estilo de vida desde a antiguidade.

Hoje, a Akafku Co., Ltd fatura quase 70 milhões de euros e emprega mais de 500 pessoas. Nada mau para uma loja de chá que servia pequenos refrescos para peregrinos.


Veja um vídeo do Doce Akafuku:


Para saber mais: www.akafuku.co.jp

#asmaisantigasdomundo #estudosdecaso

38 visualizações

Fale conosco

Você pode entrar em contato hoje mesmo através dos canais abaixo:

Brasil: +55 (19) 4042-8976 | Portugal: +351 96 280-2351 | WhatsApp: +351 962 802 351 (Portugal)

E-mail: gustavo@generations.com.brSkype: live:setteg

LinkedIn: Gustavo Sette – www.linkedin.com/in/gustavosette

Sonho Grande Consultoria e Adm Ltda | CNPJ 28.862.164/0001-47

Alameda Berna 313 - Valinhos/SP

© 2019 - Todos os Direitos Reservados | A Logomarca

  • wpplogo
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram